À medida que o Carnaval do Rio 2020 se aproxima, a emoção aumenta. A festa anual celebrada no verdadeiro estilo brasileiro continua até a Quarta-Feira de cinzas, que também marca o início do período da Quaresma, caracterizada pela abstinência de prazeres mundanos e jejum para os cristãos em todo o mundo. O atrai cerca de um milhão de pessoas de diferentes partes do globo para esta cidade, onde eles podem desfrutar dos sons pulsantes do Samba.

Uma visão da história do Carnaval

O termo carnaval tem origem no português “Carne Vale”, interpretado como “adeus à carne”.
A frase refere-se ao Carnaval como sendo a celebração final antes de um período de abstinência de álcool, carne e prazer começar. Este período dura até o feriado da Páscoa, a data em que Jesus Cristo ressuscitou dos mortos. A Quaresma é normalmente observada durante 40 dias. A celebração do Rio começa apenas uma semana antes da Quarta-Feira de cinzas e as festas começam em dezembro.

Influenciado pelas tradições europeias e africanas

O primeiro carnaval foi organizado durante a década de 1640. durante esse tempo, festas elaboradas foram organizadas para dar honra aos deuses do vinho grego. Bebendo bebedeiras eram comuns e os romanos organizaram festas para dar honra a Saturnália e Baco. Os soldados trocaram as suas roupas com outros para se entregarem a festividades nocturnas de selvajaria e folia.

A Igreja Católica Romana pôs em prática as tradições da atual celebração do carnaval que leva à Quarta-Feira de cinzas, o início do período quaresmal no calendário cristão. O Festival “Entrudo” foi introduzido pelos portugueses e isso inspirou o nascimento do Carnaval no Brasil. Em 1840, a primeira mascarada do Rio aconteceu, e polka e waltz tomaram o centro do palco.

Os africanos posteriormente influenciaram o Carnaval com a introdução da música samba em 1917. O Samba é agora considerado como música brasileira tradicional, e você pode experimentar seu ritmo no Carnaval do Rio 2020.

Samba, O coração do Festival

As antigas tradições carnavais na Itália consistiam em vários bailes de máscaras com foliões vestidos com trajes, mas as tradições brasileiras foram influenciadas pela presença portuguesa e africana na América do Sul.O Carnaval do Rio tem um estilo único, que é atribuído principalmente à influência dos escravos imigrantes africanos, famosos por suas habilidades musicais espetaculares. Escravos africanos, trazidos para o Brasil pelos portugueses, deram vida aos primeiros ritmos do samba.